Três forças organizacionais

Escrevi recentemente um artigo chamado “A Arte da mudança”, onde toquei em alguns aspectos de gestão de mudanças e importantes ações para conduzir estes processos com sucesso.

Execução: Da Estratégia ao Desempenho

A diferença entre as estratégias que realmente funcionam e as que só servem para imprimir e enfeitar as paredes do escritório está em uma palavra: EXECUÇÃO.

A Arte da Mudança

Conduzir bons processos de mudança organizacional é uma arte. A complexidade das relações existentes nas organizações e os diversos interesses que nem sempre são claros e colocados em discussão são barreiras difíceis de transpor sem a utilização de técnicas apropriadas.

A Lei do Mais Forte

Algumas pessoas ficaram famosas pelo que não disseram. Darwin, por exemplo, nunca disse que o homem descende do macaco.

O Fantasma na Máquina e a singularidade

A ideia de que nossa mente e nosso corpo são independentes é parte do conceito da dualidade (ou dualismo)

O Valor da Experiência

Muitas organizações não têm poupado esforços e dinheiro nos últimos anos para adaptar-se à crescente velocidade das demandas de negócio, otimizando seus processos administrativos, integrando seus sistemas, ampliando canais de venda e capacitando seus talentos, tudo em nome de uma maior velocidade para enfrentar um ambiente a cada dia mais agressivo e competitivo.

Talentos de sobra

Entre os diversos reflexos da crise financeira mundial na gestão de talentos, um dos mais significativos foi o aumento da oferta de profissionais qualificados no mercado.

Colocando no papel

Registrar acontecimentos, lições aprendidas e pensamentos sempre foi uma preocupação do ser humano.

Raízes e Asas

Ao falar de “raízes e asas”, estou utilizando uma metáfora muito comum, basta uma pesquisa no Google para comprovar isso. Mas foi o que melhor me ocorreu para levantar uma questão por dois aspectos: o educacional nos indivíduos e o da inovação nas organizações.

Lições de mais de um século

Em 1892, Charles Coffin assumiu a presidência da General Eletric, após a fusão de sua própria empresa com a criada por Thomas Edison.